Melanophryniscus admirabilis Di-Bernardo, Maneyro & Grillo


Nomenclatura e Classificação

Nome Científico

Melanophryniscus admirabilis

Autoria

Di-Bernardo, Maneyro & Grillo

Nome Comum

Sapinho-admirável-da-barriga-vermelha.

Descrição Taxonômica

A espécie é facilmente diagnosticada de todas as demais no gênero. Não existe um conhecimento adequado das relações filogenéticas entre as espécies do gênero Melanophryniscus e é possível que os três grupos de espécies reconhecidos não sejam monofiléticos. M. admirabilis não possui tumefação frontal, que caracteriza os indivíduos do grupo M. tumifrons.  No entanto, a morfologia externa de M. admirabilis sugere que ela seja mais proximamente relacionada a M. macrogranulosus e M. cambaraensis do que às demais espécies do gênero (Di-Bernardo et al. 2006).


História Natural

Reprodução

Ainda se conhece muito pouco sobre a biologia reprodutiva da espécie. Sabe-se, porém, que a espécie usa pequenas poças no lajedo nas margens do rio como sítio reprodutivo e que a disponibilidade desses locais depende do nível do rio. As únicas observações publicadas a respeito da história natural de M. admirabilis indicam que essa espécie pode ter atividade reprodutiva associada ao mês de outubro (Di-Bernardo et al. 2006). Um estudo em andamento indica que a reprodução de M. admirabilis parece se concentrar principalmente nos meses de primavera. Contudo, desovas e girinos foram observados em outros meses, até mesmo de inverno, indicando que a reprodução possa ser mais prolongada (Caroline Zank, comunicação pessoal, 2011).


Habitat e Distribuição

Endemismo

Melanophryniscus admirabilis é endêmica do Brasil, com distribuição muito restrita nas margens do rio Forqueta, no município de Arvorezinha, estado do Rio Grande do Sul.


Ameaças

Fatores de Ameaça

Apesar das ações de conservação existentes sobre a espécie, a região em que ela ocorre é altamente visada para a instalação de usinas hidrelétricas. Desde 2004 existe um projeto para a implementação de uma Pequena Central Hidrelétrica (PCH Perau de Janeiro) e quando implantado, afetará diretamente o único local de ocorrência da espécie, podendo ter consequências desastrosas, tanto pela perda de áreas de florestas, quanto pelo efeito das mudanças na vazão do rio]. Outra ameaça potencial, ainda não quantificada, é a contaminação por agrotóxicos provenientes das plantações de fumo adjacentes às encostas do vale do rio Forqueta. 


Usos, Manejo e Conservação

Plano de Ação

A espécie é beneficiada pelo Plano de Ação Nacional para Conservação de Répteis e Anfíbios Ameaçados da Região Sul do Brasil (Brasil 2012). Em Agosto de 2010, foi aprovado junto a Fundação o Boticário de Proteção à Natureza o projeto “Avaliação do status de conservação do raro sapo-de-barriga-vermelha Melanophryniscus admirabilis (Anura, Bufonidae)”, o qual tem o objetivo de gerar informações sobre a extensão de ocorrência, estrutura populacional e uso do hábitat desta espécie, gerando por fim subsídios concretos para uma avaliação criteriosa de sua situação de ameaça e a elaboração de um plano de ação para sua conservação. Contudo, além desta iniciativa, não há nenhuma ação concreta de conservação identificada. A espécie não ocorre dentro dos limites de nenhuma unidade de conservação. Apesar dos impactos potenciais que a instalação da PCH Perau de Janeiro pode trazer para a espécie, o órgão licenciador não exigiu ações de monitoramento ou conservação direcionados à espécie (Caroline Zank, comunicação pessoal, 2011).


Referências

Referências

Brasil, 2012. Portaria nº 25, de 17 de fevereiro de 2012. Diário Oficial da União. Edição nº 36, Seção 1, 22 de fevereiro de 2012.

Di-Bernardo, M.; Maneyro, R. & Grillo, H. 2006. New species of Melanophryniscus (Anura: Bufonidae) from Rio Grande do Sul, Southern Brazil. Journal of Herpetology, 40(2): 261–266.

IUCN SSC Amphibia Specialist Group, 2011. IUCN Red List of Threatened Species Raúl Maneyro 2008. Melanophryniscus admirabilis. www.iucnredlist.org.. (Acesso em: 03/08/2011).

Fonte das Informações

http://www.icmbio.gov.br/portal/faunabrasileira/lista-de-especies/7531-anfibios-melanophryniscus-admirabilis. Acessado em 2016-10-18.

Fonte das informações nomenclaturais e de distribuição por UF. Catálogo Taxonômico da Fauna do Brasil. Disponível em: <http://fauna.jbrj.gov.br/fauna/>


As informações das espécies são provenientes da Flora do Brasil 2020 em construção e do Catálogo Taxonômico da Fauna do Brasil.

Ministerio da Ciencia, Tecnologia, Inovaçoes e Comunicaçoes